quinta-feira, 17 de novembro de 2011

683 instituições de ensino superior são “reprovadas” pelo MEC


O MEC publicou hoje o IGC (Índice Geral de Cursos), indicador que leva em conta a nota dos alunos no Enade (exame federal) e outros indicadores como infraestrutura e qualidade do corpo docente. O índice tem notas que vão de 1 a 5, e são consideradas insatisfatórias as médias 1 e 2. Foram avaliadas 2.176 universidades, faculdades e centros universitários.

As 683 instituições com notas baixas vão passar por supervisão do governo federal e podem ser alvo de medidas que vão do arquivamento de pedidos de abertura de novos cursos até o descredenciamento. Dentre elas: INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO ACRE, FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE CRUZEIRO DO SUL, FACULDADE BARÃO DO RIO BRANCO, FACULDADE DA AMAZÔNIA OCIDENTAL, ambas no Acre, o melhor lugar para se viver na Amazônia, segundo os petistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário