quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

RENEGUE O RENAN



O abaixo-assinado feito na internet contra a candidatura de Renan Calheiros (PMDB-AL) à presidência do Senado atingiu nesta quinta-feira, 31, a quase 300 mil assinaturas. Lançada na quinta-feira passada, a petição online pede que os parlamentares escolham um nome "ficha limpa" para ocupar o cargo.

A eleição no Senado está marcada para esta sexta-feira, dia 1º de fevereiro, dia em que organizadores do documento pretendem entregar o manifesto aos senadores. Se vivêssemos em outro tempo, devido às manifestações contrárias, o senhor Renan Calheiros desistiria de candidatar-se à presidência do senado federal.

Mas não, estamos vivenciando a época da imoralidade escancarada, vide o exemplo de José Genoino (PT) que mesmo condenado por corrupção ativa, formação de quadrilha, assumiu a uma vaga na câmara federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário